Policiais militares do Batalhão de Polícia Ambiental deflagraram uma operação na manhã deste sábado (2), em Catolé do Rocha, a 411 km da Capital, para combater o comércio ilegal de animais silvestres. A ação foi desencadeada na feira central do Mercado Público da cidade.

Os suspeitos foram encaminhados para a delegacia de Catolé do Rocha, e, de acordo com o sargento Silva, que participou da ação, a multa sobe para R$ 5 mil, por animal, quando a espécie está em extinção.

A operação aconteceu após o recebimento de denúncia da prática de crimes ambientais na localidade. Na ação, um homem de 42 anos foi flagrado com 56 aves e foi multado em R$ 56 mil por comercializar ilegalmente os animais.

Ao continuar as diligências, os policiais acharam uma casa que também abrigava animais; mais de 10 aves eram mantidas em cativeiro sem licença ambiental. Uma mulher de 37 anos foi conduzida para a delegacia e multada em R$ 10,5 mil.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here